O que é Flurona

09/01/2022 |
Assunto: , Medicina, Saúde

O que você deve saber sobre o assunto

TudoPorEmail20220109

Ao longo dos últimos dois anos, testemunhamos a cunhagem de tantas novas palavras relacionadas à COVID-19.
Uma das últimas palavras que surgiu recentemente é Flurona, que se refere à coocorrência da gripe (influenza, ou flu e da COVID-19. Você pode realmente pegar gripe e coronavírus simultaneamente? E se sim, como você pode dizer que tem Flurona?

Flurona não é uma ocorrência nova

Para encurtar a história, estar doente com gripe e COVID-19 não é novidade. Desde os primeiros dias da pandemia, os cientistas dizem que você pode ter o que agora chamamos de Flurona, mas pode ser mais comum este ano do que no ano passado, porque as pessoas tendem a interagir mais com as outras.

Como escolas, viagens aéreas, restaurantes e outros espaços públicos permanecem abertos, devemos estar preparados para que a temporada de gripe deste ano provavelmente se sobreponha à atual crise de Covid mais do que no ano passado, para que os casos de Flurona possam ser mais difundidos. Os primeiros casos de Flurona em 2022 foram confirmados em Israel em janeiro deste ano, e outros também foram relatados em outros países, incluindo os Estados Unidos.

Como você pode pegar Flurona?

O vírus da gripe e o novo coronavírus não estão vinculados, portanto, você não terá uma infecção combinada de uma pessoa doente com gripe ou COVID-19. A razão pela qual eles coexistem e causam a Flurona é que uma pessoa é exposta a ambos os vírus em poucos dias. Como a temporada de gripe atinge o pico no outono e inverno e os dois vírus são contraídos de forma idêntica, é mais provável que você os pegue no inverno, se pegar.

Com tudo isso dito, o risco de uma pessoa média de pegar os dois vírus simultaneamente é bastante baixo, especialmente se você estiver aderindo às medidas de distanciamento social, lavar as mãos e usar máscara quando estiver fora. Alguns pesquisadores estão dizendo que a gripe também pode ser menos infecciosa que o Covid, então todas essas medidas preventivas funcionarão para protegê-lo ainda mais contra a gripe.

A Flurona é mais mortal do que as duas doenças separadamente?

Dados estatísticos mostram que entre 12.000 e 52.000 pessoas morrem de gripe a cada ano, e os cientistas registraram mais de 600.000 mortes relacionadas ao COVID-19 somente nos Brasil desde o início da pandemia. Portanto, a pergunta na mente de todos é: a Flurona aumenta o risco de complicações graves e potencialmente fatais? “Provavelmente é pior tê-los juntos, mas realmente não sabemos neste momento”, afirmou o Dr. Otto Yang, especialista em doenças infecciosas da UCLA Health.

Apanhar qualquer um dos dois vírus coloca uma pressão extra no sistema imunológico. “É verdade que quando você está infectado, seu sistema imunológico está sob ataque. Portanto, suas defesas imunológicas estão enfraquecidas. E, portanto, sua capacidade de se defender contra outra infecção é reduzida”, disse David Edwards, cientista da Universidade de Harvard ao Huffpost.

Portanto, estar doente o torna mais suscetível a outras infecções respiratórias, potencialmente levando à Flurona. Pessoas imunocomprometidas, idosos e profissionais de saúde têm maior risco de contrair os dois vírus.

Como saber se você tem Flurona?

Distinguir entre as duas condições pode ser bastante difícil, especialmente em casos mais leves, porque os sintomas são muito semelhantes. Os sintomas característicos da gripe e do COVID-19 leve são: febre, dores musculares, tosse, calafrios, coriza e dores de cabeça. Na Covid, os pacientes também podem apresentar perda de paladar ou olfato e falta de ar. Os pacientes com gripe também são mais propensos a apresentar sintomas gastrointestinais, como diarreia ou vômito.

Uma diferença fundamental entre as duas condições é o tempo de incubação. Se você estiver gripado, provavelmente apresentará sintomas de 1 a 4 dias após contrair o vírus, enquanto, no caso do coronavírus, os sintomas podem aparecer a qualquer momento entre 2 e 14 dias.

A única maneira confiável de diagnosticar a Flurona é ir ao médico e fazer testes para gripe e coronavírus. Seu médico pode usar o mesmo cotonete para concluir os dois testes, mas verifique novamente para ter certeza.

Como prevenir a Flurona

Como já explicamos acima, estar doente com resfriado ou gripe enfraquece o sistema imunológico e aumenta o risco de contrair outras infecções respiratórias, incluindo a COVID-19. Portanto, se você estiver com o nariz escorrendo ou dor de garganta, fique em casa até se recuperar completamente e certifique-se de lavar as mãos e minimizar o contato com outras pessoas o máximo que puder, mesmo que esteja vacinado contra a gripe e Covid.

Claro, em uma situação ideal, você pode evitar o desenvolvimento de ambas as condições. A boa notícia é que todas as medidas de lavagem das mãos, distanciamento social e uso de máscaras que são eficazes para reduzir o risco de COVID-19 também o protegerão da gripe.

Também pode ser um bom momento para adquirir uma máscara facial KN95 ou N95 se passar algum tempo em espaços públicos. Essas máscaras são mais eficazes para filtrar gotículas de água microscópicas potencialmente cheias de vírus.

Fonte: TudoPorEmail
Anna D.
+Saúde

Voltar Próximo artigo