Anedotas

12/04/2022 |
Assunto: , Humor

Anedotas20220412F01 Anedotas20220412F02

Uma Velhinha No Tribunal
Em uma sessão de júri em uma cidadezinha do interior, o promotor chama a sua primeira testemunha, uma senhorinha aparentemente inocente. O promotor se aproxima dela e pergunta:
– A senhora me conhece, Dona Otília?
– Claro que sim, Sr. Almeida. Conheço você desde garoto e, francamente, você se revelou uma grande decepção para mim. Você mente, engana a sua esposa, você manipula as pessoas e fala delas pelas costas. Você se acha grande coisa mas não tem estrutura para entender que nunca vai passar de um burocrata de meia-tigela. Sim, eu conheço você.
O promotor ficou atordoado. Sem saber o que fazer, apontou para a sala do júri, perguntando:
– Dona Otília, a senhora conhece o advogado de defesa?
– Claro que sim. Conheço o Sr. Fernandes desde menino também. Ele é preguiçoso e cheio de preconceitos, além de ter problemas com bebidas. Ele não consegue manter um relacionamento saudável com ninguém, e o seu escritório de advocacia é um dos piores da região. Isso sem falar que ele traiu a esposa com três mulheres diferentes! Sim, eu o conheço.
O advogado de defesa quase teve um ataque cardíaco. O juiz pediu para o promotor e o advogado se aproximarem da sua bancada e, com a voz bem baixa e calma, falou:
– Se algum de vocês perguntar se ela me conhece, vai pegar 30 anos de cadeia!

Idade de Uma Mulher
Uma mulher decide fazer uma plástica no seu 50º aniversário. Ela gasta 10 mil reais e fica muito feliz com os resultados. No seu caminho para casa, ela para em uma banca para comprar um jornal e diz para o funcionário:
– Eu espero que você não se importe de eu perguntar, mas quantos anos você acha que eu tenho?
– Acho que uns 32.
– Não! Eu tenho exatamente 50! – diz a mulher, toda feliz.
Um pouco mais tarde, ela vai ao McDonald’s e faz ao atendente a mesma pergunta. O moço responde:
– Eu acho que uns 29 anos.
E a mulher exclama:
– Não, eu tenho 50!
Agora ela está se sentindo muito bem sobre si mesma. Ela para em uma farmácia e faz a mesma pergunta. O funcionário responde:
– Bem, eu diria que 30.
Mais uma vez ela orgulhosamente responde:
– Eu tenho 50, mas obrigada!
Enquanto aguardava o ônibus para ir para casa, ela faz a um velho esperando ao lado a mesma pergunta. Ele responde:
– Senhora, eu tenho 82 anos e minha visão já não é tão boa, mas quando eu era jovem, conseguia descobrir a idade de qualquer mulher colocando a mão no seu sutiã. Só assim posso dizer exatamente quantos anos você tem.
Eles esperaram em silêncio na rua vazia, até que a curiosidade foi demais para aguentar. Ela finalmente fala:
– Quer saber? Eu deixo!
Ele desliza ambas as mãos sob seu sutiã lentamente e com cuidado. Ele segura um lado, aí o outro, aperta, compara, aperta de novo. Depois de alguns minutos disso, ela pergunta:
– Quantos anos eu tenho?
– A senhora tem 50 anos.
Atordoada e espantada, a mulher diz:
– Isso foi incrível! Como você descobriu?
– Eu estava atrás de você na fila do McDonald’s.

Um Acidente no Golfe
Duas mulheres estavam jogando golfe. Uma delas fez uma jogada e a bola atingiu um dos homens que estavam jogando próximo a elas. Ele imediatamente caiu no chão, apertando as mãos no meio das pernas, uivando de dor. A mulher se apressou, correu até ele e começou a se desculpar.
– Por favor, permita que eu ajude, sou fisioterapeuta e sei como fazer para aliviar a sua dor, se você permitir.
– Não precisa, eu vou ficar bem em alguns minutos – grunhiu o homem deitado no chão, ainda apertando as mãos no meio das pernas, próximo à virilha.
– Não seja bobo, deixe-me ajudar!
Depois de tanta persistência, ele finalmente permitiu que ela ajudasse. Ela gentilmente tirou as mãos dele do meio das pernas, abriu a calça e colocou a mão. Depois de fazer uma massagem por vários minutos, ela pergunta:
– Então, como se sente agora?
– Estou ótimo, mas meu dedo polegar ainda dói pra caramba!

Recomendações para Relacionamentos Íntimos em Adultos Mais Velhos
* Limpe muito bem os seus óculos e certifique-se de que a sua parceira está na cama.
* Deixe a luz acesa para evitar tropeçar ao ir ao banheiro.
* Desligue a televisão para que você possa se concentrar na difícil tarefa.
* Não se esqueça de se despir.
* Verifique se sua dentadura tem cola suficiente, para que não saia durante a ação.
* Escreva o nome da sua parceira na palma da sua mão (caso se esqueça).
* Lembre-se da pílula azul mágica.
* Tenha um analgésico à mão, para o caso de sua coluna ficar presa ou você tiver cãibras.
* Verifique se o número de emergência está dentro do sistema de discagem rápida do seu telefone.
* Tenha em mãos a apólice de seguro de despesas médicas ou o cartão do seu plano de saúde.
*Faça um resumo da façanha para seu grupo de amizades.
* Imprima essas recomendações em letras grandes, para que você não tenha problemas para lê-las.

A Primeira Confissão da Paróquia
Em uma pequena cidade do interior, um padre estava sendo homenageado com um jantar em comemoração de seus 25 anos na paróquia. O prefeito da cidade, que era um membro da congregação, foi escolhido para fazer uma homenagem ao padre e dar um pequeno discurso durante o jantar, mas estava atrasado, preso no trânsito. Enquanto esperavam, o padre achou que seria apropriado dizer algumas palavras de agradecimento à comunidade.
– Vejam bem, a privacidade do confessionário jamais pode ser quebrada. No entanto, sem entrar em muitos detalhes, posso dizer que tive as minhas primeiras impressões da paróquia com a primeira confissão que ouvi aqui. Eu só posso falar vagamente sobre isso, mas quando cheguei, há 25 anos, achei que tinha vindo parar em um lugar terrível. O primeiro rapaz que entrou no meu confessionário me contou que havia roubado um aparelho de televisão e, quando parado pela polícia, quase assassinou o oficial. Além disso, ele me disse que tinha roubado dinheiro de seus pais, desviado verbas do seu local de trabalho, teve um caso com a esposa do seu chefe, usou drogas, e passou uma doença venérea à sua prima. Eu fiquei chocado, mas com o passar dos dias, percebi que as pessoas da cidade não eram todas assim, e que eu tinha, de fato, chegado a uma paróquia ótima. Hoje vejo como aquele era um caso à parte.
Assim que o padre terminou seu discurso, o político chegou cheio de desculpas pelo atraso. Ele imediatamente começou seu discurso, sem saber o que padre havia falado antes.
– Eu nunca vou esquecer o primeiro dia do nosso padre na nossa cidade. Na verdade, eu tive a honra de ser o primeiro cidadão a confessar com ele.

Sempre Cinco
– Comigo acontecem muitas coincidências. Nasci no dia 5 de maio, às 5 horas. Quando fiz 55 anos, apostei no número 55.555 e ganhei R$5 milhões. Peguei tudo e apostei no cavalo 5, no 5º páreo.
– Legal! E quanto você ganhou?
– Nada.
– Nada?
– O maldito chegou em quinto.

Teste de Embriaguez
Um homem é parado na estrada por estar com o farol quebrado. O policial olha para dentro do carro e vê uma coleção de facas no banco de trás.
– Senhor, por que todas essas facas?
– São para o meu número de malabarismo.
– Prove. – diz o policial.
O homem sai do carro e faz malabarismo com as facas. Nisso, dois homens passam de carro.
– Puxa. – diz um deles. Ainda bem que parei de beber. Esses novos testes de embriaguez são bem difíceis.

A Grande Mentira
José Roberto, um milionário de 60 anos, aparece um dia no clube de golfe com sua nova esposa, uma impetuosa morena de 28 anos. Seus amigos estão maravilhados.
– Não há como alguém tão jovem e atraente concordar em se casar com um homem velho como você. Como você fez isso?
– É simples, menti para ela sobre a minha idade.
– Você disse a ela que tinha 50 anos?
José Roberto balança a cabeça.
– Não tem como ela aceditar que você tem 40 anos!
José Roberto balança a cabeça novamente.
– Então, quantos anos você disse a ele que tinha exatamente?
José Roberto sorri e diz:
– Eu disse a ela que tinha 85 anos.

+Humor

Voltar Próximo artigo