Vinte Anos e Dois Meses Depois

30/03/2019 |
Assunto: , Livros

capaFormatoFinal.cdr

Muito Além do “trocar os Pés Pelas Rodas”

“Mais do mesmo? Esta foi a pergunta que o Kazê se fez diversas vezes antes de decidir se escreveria um pouco da sua história num livro. Já existia um bom número de publicações sobre pessoas que sofreram algum tipo de acidente, tornaram-se deficientes e deram a volta por cima. Após ouvir opiniões de amigos, o Kazê chegou à conclusão de que cada pessoa tem a sua história e que ele teria coisas bem peculiares para contar. Também teve a ideia de incluir depoimentos de Amigos e Familiares. Que bom!” – Alice Giannini

O livro traz de maneira otimista e bem-humorada um pouco da história de superação do carioca Carlos Eduardo Rosa Fraga, o Kazê, contada por ele mesmo, e enriquecida por depoimentos emocionantes de familiares e amigos.

Cadeirante e tetraplégico desde os dezoito anos após um acidente de trânsito do qual não foi o causador, Kazê não se escondeu do mundo, nem foi isolado por sua família e nem por seus amigos. Utilizando suas habilidades de contador de causos, o autor narra aventuras de sua infância, adolescência, a transição para seu novo mundo, ressaltando o papel da família, dos amigos, da arte, da atividade física e do power soccer (futebol em cadeiras de rodas motorizadas) no resgate da autoestima e da qualidade de vida.

Temas como a vida amorosa do cadeirante, sexo e preconceitos também são abordados com muita naturalidade. Ao longo desta biografia, Kazê aproveita para relatar algumas experiências bem-sucedidas de sua rotina como tetraplégico e cadeirante, que muitos de nós desconhecemos, mas que talvez possam servir como boas dicas e facilitar determinados aspectos do dia a dia de outras pessoas com deficiência.

Aventureiro, guerreiro, amante da natureza e da vida, Kazê acredita que a Ciência descobrirá maneiras de refazer a conexão de medulas seccionadas, como a dele.

Editora: GRAMMA

Voltar Próximo artigo