Vá de Bike

19/03/2019 |
Assunto: , Esportes, Mobilidade, Saúde

Quem disse que andar de bicicleta é coisa de criança ou de fim de semana?
Natue20190319

Andar de bike é cada vez mais visto como um modo de locomoção e, ao mesmo tempo, uma ótima maneira de se exercitar. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), a bicicleta foi eleita o meio de transporte mais sustentável do planeta e não é para menos: você se locomove por meio da sua força, sem custo, não pega trânsito e ainda obtém diversos benefícios para a saúde.

Muitas pessoas ainda ficam receosas de andar de bike nas ruas por conta de acidentes, mas isso não é motivo para desistir da magrela. De acordo com Janete Neves, nutricionista e educadora física especializada em ergonomia, existem várias alternativas para quem não quer pedalar pelas ruas. “Existem aulas de bike na água e em salas fechadas, como o spinning, em que a pessoa, ao mesmo tempo, tem uma hora de lazer e se exercita”, conta.

Há dois anos o empresário Carlos Maia (40) trocou as ruas pela sala de ginástica e não se arrepende. “Comecei a andar de bicicleta quando era mais novo, mas depois que caí fiquei receoso. Agora que descobri o spinning ficou muito mais fácil”, conta. Além de agitadas e divertidas, as aulas ainda mostram como se movimentar corretamente, evitando desgastes nas articulações e lesões.

Escolha a opção que você mais gostar, na sala ou na rua, ou ainda mantenha as duas práticas. O importante é se movimentar!

Pedaladas Saudáveis

O estudante Diego Costa (31) sempre teve a bicicleta como uma aliada para manter a forma. Contudo, após uma cirurgia por conta de uma lesão no ombro, teve que se afastar da companheira de exercícios para se dedicar à fisioterapia e fortalecer os músculos. Foi difícil suportar a ausência da bike. Ele até engordou. Mas, assim que se recuperou, conseguiu convencer seu médico a liberar as pedaladas novamente, já que poderiam ajudar na recuperação dos tendões e músculos. “Só posso andar devagar e em lugares sem muito desnivelamento, mas isso já faz uma grande diferença”, diz Diego.

Segundo Janete, andar de bicicleta é um ótimo exercício para quem não pode ter impacto na coluna ou articulações. “A bike consegue fortalecer a musculatura das pernas, glúteos e coluna sem agredir ou causar inflamações”, ressalta.

Vou de Bike

Vai viajar? Aproveite para fazer passeios de bike no lugar em que você visitar. Conheça parques, lagos e faça city tours de bicicleta. Não vai viajar? Sem crise! Explore sua cidade nos fins de semana ou, se preferir, experimente academias especializadas em bikes.

Benefícios para o corpo e a alma

* Andar de bike emagrece: ajuda a queimar cerca de 300 a 500 kcal por hora e a melhorar o condicionamento físico.
* Melhora a frequência cardíaca: por ser uma atividade aeróbica, estimula o músculo do coração e a frequência cardíaca.
* Andar de bike perde barriga: por causa da postura, o abdômen é contraído, o que ajuda a tonificá-lo.
* A bicicleta é um excelente meio de transporte: além de não poluir o meio ambiente, você ainda se exercita enquanto vai para o trabalho.
* Regulariza o sono: ao se exercitar, a qualidade do seu sono aumenta.
* Você fica mais perto da natureza: sentir o vento no rosto pode fazer a diferença no seu dia.

Andar de bike gasta quantas calorias?

Apesar de ajudar a queimar cerca de 300 a 500 kcal por hora, o gasto calórico varia de pessoa para pessoa, pois está relacionado com o peso e a intensidade aplicada na realização do exercício.

Alimentação Correta

Ter uma alimentação saudável é fundamental, principalmente na prática de algum exercício físico. Segundo Janete, consumir frutas no decorrer de passeios é uma ótima pedida para não deixar a glicose cair. “Manter o corpo bem hidratado e fazer uma boa refeição rica em carboidratos, como pão integral, batatas, arroz ou tapioca, uma hora antes de andar de bike, não tem erro”, explica. Além disso, após o passeio, é bom recuperar o corpo com alimentos ricos em proteínas, como iogurte, queijo, ovos e frango.

Principais cuidados ao andar de bicicleta

* Sempre use capacetes, cotoveleiras e joelheiras para evitar machucados.
* Coloque cores chamativas, luz piscante na sua bike e roupa reflexiva para evitar riscos de colisão com veículos.
* Ande sempre com uma garrafinha de água para evitar desidratação.
* Prefira andar nas ciclovias.

Fonte: Natue

Voltar Próximo artigo