Quais são as diferenças entre cortinas e persianas?

14/01/2018
| Colunista: , Pablo Gomes
|
Assunto: , Decoração

A escolha da decoração de um cômodo vai além do seu valor estético. É preciso avaliar também a funcionalidade e beleza dos itens da decoração, nessa hora sempre ficamos na dúvida entre cortinas e persianas, qual escolher? Fique com a gente, pois vamos tirar suas dúvidas sobre as diferenças entre cortinas e persianas para que você saiba qual é a melhor opção para o seu caso.

Características principais de cada uma
As cortinas surgidas a séculos na alta sociedade francesa, sempre foram associadas ao clássico e requinte, sempre confeccionadas de tecido, tornou-se item indispensável em uma bela decoração, as cortinas sempre serão mais clássicas que as persianas em geral, elas conseguem preencher de forma mais aconchegante o ambiente. Ficam melhor empregadas nas salas e nos quartos, principalmente quando são colocadas do teto ao chão. Nos dias atuais existem várias formas de se confeccionar uma cortina, distanciando daquelas clássicas tradicionais vistas em filmes de época, dessa forma, podendo ser empregada nas decorações contemporâneas, a mais encontrada é a de ilhós (argolas presas na cabeça da cortina), podendo ser encontrada até em lojas de departamentos, as de preBeladecor20180114gas, mais elaboradas e complexas de se fabricar, são confeccionadas sob medida, sendo muito difícil acha-las prontas para venda, existem diversos modelos como: prega americana, macho, fêmea e outras mais, as de franzidor são muito utilizadas e a queridinha do momento são as do modelo wave.

As persianas são uma evolução das cortinas, o que não quer dizer que as substituíram, mas conquistaram seu espaço pela praticidade, variedade, beleza e principalmente pela sofisticação, trazendo para a decoração algo mais clean. Podem ser empregadas em todos os ambientes da casa, até nas áreas úmidas. São feitas de diversos materiais como: tecido, alumínio, bamboo, madeira e PVC. Podem ser encontradas prontas, porém, essas muitas das vezes não possuem a mesma qualidade das fabricadas sob medida.

Limpeza e manutenção
A limpeza da cortina é relativamente simples. Dependendo do tamanho e do material da peça, você pode utilizar até a máquina de lavar da sua casa. Tecidos como voil, poliéster, ou algodão pré-encolhido estão liberados para a lavagem caseira. Mas é preciso tomar cuidado com outros materiais.

Tecidos como algodão puro, linho, seda, veludo e shantung são delicados e a higienização deve ser feita por uma lavanderia especializada. Para a limpeza do dia a dia, o ideal é utilizar aspirador de pó no tecido e para os acessórios, uma flanela úmida.

No caso das persianas, a limpeza também é simples, pois a maioria já vem de fábrica com tratamento antiestático, que inibe o acúmulo de poeira. Peças com acabamento em PVC são laváveis, enquanto as persianas em poliéster podem ser limpas com pano úmido. Caso você encontre dificuldade na limpeza, existem empresas especializadas nesta manutenção.

Benefícios econômicos
Você sabia que tanto cortinas quanto persianas são muito importantes para proteger os móveis, pisos e tapetes da ação dos raios UV (UVA/UVB), que costumam queimar os locais onde há incidência solar, desbotando e ressecando as peças expostas?

Analisando por este ângulo, ambas representam uma boa relação custo/benefício no orçamento do projeto de decoração, uma vez que custam cerca de 2% do valor total do orçamento de decoração de um ambiente, mas protegem os outros 98% de danos causados por incidência constante de luz solar.

Diferenças entre cortinas e persianas no momento da instalação
Em termos de instalação, o ideal é que a escolha do item que irá “vestir a janela” seja feito logo no início do projeto, pois assim é mais fácil preparar o local para a instalação. No caso das cortinas, dependendo da sua escolha, você poderá utilizar varões, trilhos aparentes ou dentro do cortineiro de gesso, por exemplo.

Já para quem tem a casa decorada e quer transformar o ambiente com o uso de cortinas ou persianas, é preciso ficar atento a alguns detalhes. Em relação às persianas alguns elementos já presentes podem atrapalhar a fluidez do funcionamento, como por exemplo, maçanetas, ou molas de portas e janelas de vidro estilo camarão. Já as cortinas com tecidos mais pesados exigem um reforço no cortineiro para aguentar o peso e a movimentação do uso.

Em todos os casos ou para todos os usos, nossa loja pode te ajudar a entender as diferenças entre cortinas e persianas e te auxiliar na hora da escolha. Entre em contato conosco!

Voltar Próximo artigo