Pratique o desapego

13/12/2017 |
Assunto: , Condomínios

Com o fim do ano se aproximando, muita gente aproveita para fazer aquela faxina na casa, principalmente no guarda-roupa. Comprar determinada peça ou objeto apenas por impulso faz parte daquelas pequenas atitudes do dia a dia, aparentemente inofensivas, mas que prejudicam de forma significativa o meio ambiente.

Dessa forma, não é difícil encontrar no fundo do armário uma calça que nunca foi usada ou uma blusa ainda com a etiqueta, que foram compradas apenas porque estavam em liquidação. Entretanto, você pode estar pensando: “Ah, mas é só uma blusinha…” É uma blusinha que, para ser produzida, gastou alguns litros de água, desperdiçou muitos quilowatts de energia e ainda emitiu uma boa quantidade de CO2 na atmosfera com seu transporte.

Secovi20171213

Com o Natal cada vez mais próximo e a troca de presentes tornando-se mais tradicional, as lojas de ruas e shoppings utilizam diversas táticas para seduzir as pessoas, induzindo ao consumo desenfreado. Uma boa dica é comprar os presentes em brechós. Mas quer uma ideia ainda melhor? Que tal organizar um Natal solidário, no qual cada membro da família doa uma roupa ou brinquedo para alguma instituição de caridade?

Apegar-se a determinados objetos é outra atitude que merece uma nova postura! Você sabe que tem aquela peça em casa. Sabe que, dificilmente, vai utilizá-la, mas, mesmo assim, insiste em guardá-la. Pratique o desapego!Guarde em casa apenas o que você, de fato, utiliza e doe para quem precisa o que você costuma guardar. Com certeza existem várias pessoas por aí que ficariam muito felizes em ganhar esse objeto e ainda teriam o maior orgulho de colocá-lo em uso!

E então? Topa fazer a sua parte? Além de reunir a família em prol de uma causa justa, você também pode falar com a galera do condomínio e sugerir a participação dos condôminos em alguma ação social. Todo mundo tem em casa algum objeto esquecido que pode fazer a diferença na vida de alguém. Pense nisso. Pratique o desapego!

Voltar Próximo artigo