Os Caminhos da Evolução da Profissão de Corretor de Imóveis

20/09/2019 |
Assunto: , Imóveis, Treinamento

CreciRJ20190920

Como em qualquer área, o profissional para se destacar é preciso sair da sua zona de conforto e arriscar, buscar estratégias diferenciadas. Principalmente nos dias atuais em que o perfil do cliente é outro, antigamente a forma de atuação do corretor era baseada na referência de um cliente muito menos dinâmico e com um nível de acesso a informação bem mais restrita, já com o avanço da internet e suas ferramentas, a velocidade e a quantidade de informação, aliada à facilidade de acesso as mesmas, tornaram o mundo mais dinâmico, rápido, flexível, aberto e transparente. Este novo contexto alterou vários paradigmas sociais, modificando a forma do homem de se relacionar e interagir, e, criou novos padrões de consumo.

Portanto, para acompanhar essa mudança de cenário o profissional precisa evoluir junto com o mercado, se aliar à nova demanda e se qualificar dentro da nova perspectiva para não ser engolido por suas metodologias defasadas e conseguir se adequar à nova linguagem de consumo e exigências, para assim se inovar e reinventar na forma de aplicar suas atribuições cativando e consolidando seu espaço no meio, obtendo os frutos da relação bem sucedida com o novo formato do público, o que vai marcar sua evolução junto ao mercado imobiliário.

Antigamente a forma de atuação da profissão era mais simples, até porque o cliente e os meios de comunicação seguiam outros protótipos, hoje em dia categorizados como modelos defasados, inclusive a forma de comunicação entre as pessoas era realizada por outro formato. Baseado naquela realidade, a simplicidade cumpria bem o seu papel nas relações imobiliárias, obviamente que os requisitos tradicionais e essenciais eram exigidos com precisão, o determinismo do corretor e sua ética na profissão e principalmente na relação com o cliente; a atenção cedida ao cliente e saber ouvir com atenção e paciência tudo que era lhe falado, até mesmo porque nesse momento pode absorver informações cruciais que pode ser utilizada para conseguir efetivar a transação; a dedicação e estudo sobre os imóveis disponíveis, sobre o perfil do cliente, e também sobre a área de atuação no setor, ter domínio dessa linguagem que simplifica a argumentação e agrega segurança para o momento, sendo um grande passo para conversão da visita em negócio fechado; o domínio dos assuntos técnicos pertinentes a todo o trâmite de negociação, incluindo documentações, legislações, e toda a parte burocrática exigida no processo; a questão do visual, a forma como se apresenta para o cliente determina credibilidade ou incredibilidade; o interesse e proatividade em se reciclar com frequência para estar em constante movimento no meio e como forma de desenvolver e aprimorar técnicas para aumentar o desenvolvimento na profissão.

Hoje em dia esses requisitos do corretor tradicional ainda formam a base da profissão, mas somente eles se tornaram vago para galgar o êxito profissional, nos dias atuais é fundamental ter diferencial para se apresentar no mercado, então, o corretor precisa alinhar o convencional e incorporar inovações, se tornar visível, algo que o destaque dos demais.

Traçar um caminho de desenvolvimento contínuo na profissão é primeiramente se desconstruir e ampliar a visão para as novas tendências, ser flexível, entender e buscar mecanismos para mergulhar no novo cenário mesmo que para isso precise abrir mão de algumas convicções e práticas, visto que nenhum movimento no ramo imobiliário é imutável, o presente confirma essa afirmação, então o corretor precisa absorver a identidade camaleão em determinados momentos para permanecer ativo e alcançando resultados, portanto é um erro crítico insistir na resistência referente a posicionamentos que não se enquadram mais, pois só conduzirá a perda de visibilidade.

O mundo está conectado, a tecnologia é ferramenta fundamental nessa empreitada, e também através da internet é possível absorver conhecimentos e experiências de corretores que surpreenderam o mercado e inovaram, prosperaram e hoje servem como inspiração aos demais.

Essa iniciativa de buscar inspirações em forma de embasar os futuros passos resulta benefícios satisfatórios, principalmente porque aguça o senso de desbravamento, resgata o intuito inaugural de quando adentrou a profissão, esses que muitas vezes são esquecidos ou abafados em decorrência de obstáculos na trajetória, e assim recupera o brilho nos olhos, reativa e intensifica o ânimo de alcançar o triunfo da profissão.

Entender que o que impede de chegar ao topo é a ausência do conhecimento aplicado, ou a ausência da busca por esse conhecimento. Utilize das ferramentas, explore novos meios, sustente a determinação buscando esses exemplos de sucesso, alimente a persistência e aguce a criatividade, assim, somados com as exigências tradicionais do mercado, definitivamente será mais uma história de desenvolvimento e inspiração para outros colegas de profissão.

Fonte: E-BOOK: Caminhos da Profissão – Creci-RJ
BAIXE AQUI

Voltar Próximo artigo