George Harrison

25/02/2020
| Colunista: , Geraldo Mercadante Simões
|
Assunto: , Datas Comemorativas, Música

George Harrison foi um guitarrista, cantor, compositor e produtor musical e cinematográfico inglês que obteve fama internacional como guitarrista dos Beatles

GMS20200225F02

O lendário guitarrista dos Beatles nasceu em 25/02/1943 (Liverpool, Inglaterra) e morreu em 29/11/2001 aos 58 anos (Los Angeles, Estados Unidos).

O músico é lembrado pelas contribuições musicais do quarteto de Liverpool, além do catálogo incrível de projetos solos, com hits como My Sweet Lord e What Is Life.

Se fosse vivo, George completaria, hoje, 77 anos.

George Harrison morreu de câncer de pulmão, tendo sido diagnosticado pela primeira vez em 1997. Em maio de 2001, passou por uma cirurgia para remover um crescimento canceroso de um dos pulmões e, em julho, recebeu radioterapia para um tumor no cérebro. Ele culpou, publicamente, seus anos de tabagismo pela doença.

Quando lhe disseram que os tratamentos não podiam mais ajudar, o músico optou por não morrer no hospital e viajou para Los Angeles, onde faleceu.

The Beatles: 1958–1970

Numa banda em que o comando era disputado por John Lennon e Paul McCartney, para George Harrison, o mais discreto e também o mais místico dos quatro Beatles, só havia lugar de coadjuvante. Mesmo que ele fosse o guitarrista solo, como se chamava na época.

Era evidente a sua desvantagem na competição interna para impor suas músicas e suas ideias dentro dos Beatles. Mesmo quando as evidências apontavam para que tivesse mais espaço, poucas oportunidades teve. Longe dos Beatles, George gravou o antológico álbum All Things Must Pass, o álbum é a maior prova de que ele era tão prolífico e competente na composição quanto Lennon e McCartney

Foi ele que apresentou a música indiana aos companheiros de banda e ajudou a difundi-la no Ocidente. Não ouviríamos Ravi Shankar se não fosse George Harrison. Deve-se a ele a presença de um instrumento como o sitar em incontáveis manifestações musicais do mundo ocidental, não só no universo do rock.

Se fôssemos escolher uma música, diríamos que o melhor do autor está em Something. Foi composta sob inspiração de Ray Charles. A gravação dos Beatles beira a perfeição. O vocal de George, as vozes de John e Paul, o solo de guitarra, as notas graves do piano, o caminho percorrido pelo baixo, as cordas arranjadas e conduzidas por George Martin.

Something foi composta ao piano, em 1968, durante as gravações do Álbum Branco. Muita gente regravou Something: Ray Charles, Elvis Presley e Frank Sinatra, entre outros. É a música mais regravada dos Beatles, à exceção de Yesterday.

GMS20200225F01

Recomendo aos amigos, assistirem o documentário Living in the Material World, de Martin Scorsese. É um documentário com duração de três horas e meia, que conta a história de um homem rico que se voltou para as coisas do espírito. E viveu dividido entre o mundo material e a crença que as religiões oferecem de que o melhor é o que vem depois da morte. O personagem retratado por Scorsese não é um anônimo. É o beatle George Harrison.

Nesta terça-feira de Carnaval vou escutar: Something e My Sweet Lord.

 

 

 

Voltar Próximo artigo