Em Foco – Fevereiro 2020

29/02/2020
| Colunista: , Artur Moura

2020 – ANO BISSEXTO
EmFoco202002AnoBissextoChama-se ano bissexto o ano ao qual é acrescentado um dia extra (29 de fevereiro), ficando com 366 dias.
Um dia a mais do que os anos normais de 365 dias, ocorrendo a cada quatro anos (exceto anos múltiplos de 100 que não são múltiplos de 400).
Isto é feito com o objetivo de manter o calendário anual ajustado com a translação da Terra e com os eventos sazonais relacionados às estações do ano.
O ano presente (2020) é bissexto. O ano bissexto anterior foi 2016 e o próximo será 2024.

LUIZA BRUNET – A ETERNA MUSA
EmFoco202002Luiza

Ela estampou sua primeira capa de revista aos 20.

Tornou-se modelo de sucesso nos anos 1980 e 1990, símbolo sexual, musa do Carnaval e ocupou o posto de madrinha de bateria por quase três décadas.

2020
Luiza passou o Carnaval em New York onde recebeu o Prêmio Mantena Global Care pelo reconhecimento de seu trabalho como ativista no combate à violência contra a mulher.

MAIS RAINHA DO QUE NUNCA
EmFoco202002AlineDepois de ser destronada da bateria da Vila Isabel, Sabrina Sato conquista uma nova coroa para o carnaval de 2020. A apresentadora assumiu o cargo de rainha da escola. Sobre sua substituta, a bailarina Aline Riscado, Sabrina é só elogios: É linda, tem samba no pé.

TEM BODE NO BRT
EmFoco202002BodeUm bode foi flagrado dentro de um ônibus articulado do BRT que estava parado na estação Ipase, na Praça Seca. Na foto que tem circulado em grupos de Whatsapp, é possível ver o animal amarrado a uma corda e sendo levado pelo dono. As informações foram inicialmente divulgadas pela Band News FM.

Leia a íntegra do comunicado do BRT

Os controladores de estação são treinados para orientar os passageiros sobre as regras de boa convivência e bom senso e, caso haja insistência, acionamos as forças de segurança.
No entanto, este não foi caso. O passageiro deve ter usado a prática conhecida como calote. A fiscalização, prevista na Lei 6.299, cabe à Guarda Municipal do Rio, com a aplicação de multa a quem não pagar a passagem.
Ressaltamos ainda que as ações dos controladores de estação do Consórcio BRT são de caráter de orientação aos passageiros para as operações do sistema. Ou seja, eles não têm poder de polícia. Coibir transgressões, delitos e crimes de qualquer natureza são atribuições do Poder Público. Mas, para nós, é muito importante que o cumprimento à lei não dependa apenas de fiscalização da Guarda Municipal, mas do entendimento dos passageiros sobre coletividade e respeito ao próximo.

Envie sua colaboração para contato@portalemfoco.com.br

+Em Foco

Voltar Próximo artigo