Conheça três tipos de plantas que você mesmo pode cultivar e usar para fins medicinais

28/01/2018 |
Assunto: , Plantas, Saúde

Plantas20180128F01
Pegou um resfriado ou está com algum machucado? Que tal olhar para o quintal? Mas, para isso, você precisa saber como cultivar plantas medicinais. A boa notícia é que isso é muito simples de ser feito. Ah, é sempre bom consultar um médico ou especialista. Conheça seus benefícios e adquira mudinhas.

  1. Dente-de-leão

Plantas20180128Dente

Certamente você conhece um dos diversos nomes dessa planta. Vamos a eles: taráxaco, amor de homem, vovô careca, amargosa, alface de cão, salada de toupeira e esperança. O dente de leão apresenta uma boa variedade de vitaminas (entre elas A, B6 e C), minerais e proteínas. A alta concentração de vitamina A e C (betacaroteno e ácido ascórbico) produz um efeito antioxidante. Tudo isso faz com que ela seja diurética, previna cálculos biliares e ajude na limpeza do organismo.
O chá da planta é tido como emagrecedor. Para fazê-lo, você precisará de duas colheres de sopa de folhas de dente-de-leão. Coloque-as dentro de um recipiente com água, ferva tudo e, em seguida, é só tomar. Você também pode adicionar as folhas em sua refeição. As mais jovens são saborosas e podem ser inclusas em saladas.

  1. Erva-cidreira

Plantas20180128Erva

Quem nunca tomou um chazinho de erva-cidreira? Além de ser saboroso, ele tem benefícios: acalma, melhora a digestão, controla a pressão, alivia a dor de cabeça, combate a insônia e a perda de apetite.
Para preparar um ótimo chá de erva-cidreira, o mais recomendável é usar duas colheres de chá de folhas para cada xícara de água ou, se preferir, use as folhas da planta diretamente dentro de um recipiente com água e ferva durante 10 ou 20 minutos; espere a temperatura ideal para beber.
A erva-cidreira recebe ainda o nome de melissa, que é também seu nome científico, Melissa officinalis.
Uma observação importante é que essa planta não deve ser usada por gestantes, pois pode estimular o útero.

  1. Lavanda

Plantas20180128Lavanda

Essa planta é conhecida por seus efeitos medicinais e cosméticos, e também por servir como produto de limpeza. Antigamente, o óleo extraído da lavanda era utilizado por romanos para atividades como lavar roupa, tomar banho e perfumar ambientes, além de suas flores serem usadas para decorar doces.
As principais características da planta são aliviar tensões, combater insônia, ansiedade, nervosismo, dor muscular, acne e inflamações na pele.
Você pode utilizar folhas secas de lavanda em seu banho, como forma de aromaterapia, amarrando um punhado sobre o local em que a água for derramada. Também é possível fazer um chá, fervendo 10 gramas ou duas colheres de folhas secas picadas para cada meio litro de água. Basta tomar uma ou duas xícaras por dia.

Agora que você já sabe os benefícios, basta adquirir as mudas e plantar em seu quintal.

Voltar Próximo artigo