Como e quando fazer a manutenção do ar-condicionado do carro

01/02/2019
| Colunista: , Flavio Leal
|
Assunto: , Ar Condicionado, Automóveis

Com o forte calor do verão, é inevitável recorrer ao ar-condicionado quando se está dirigindo. Trocar a temperatura quente lá de fora por um conforto ao volante é a melhor pedida. No entanto, o ar-condicionado automotivo exige atenção permanente, e não apenas nos períodos mais quentes. Uma revisão é de extrema necessidade!

AutoC20190201

A manutenção do ar-condicionado é facilmente esquecida, pois não afeta aspectos técnicos do veículo. No entanto, deixar de lado a revisão pode levar a problemas caros no futuro.

A questão é: quando utilizado com pouca frequência, a umidade pode começar a acumular-se nas tubulações e aberturas gerando fungos, bactérias e mofo. Essa situação deixa um cheiro desagradável no veículo, provocando dor de garganta e de cabeça.

Recarga de gás

O gás refrigerante precisará de recarga a cada dois ou três anos, já que escapa gradualmente ao longo do tempo. A falta de utilização do equipamento aumenta a velocidade à qual o gás escapa, pois as juntas de borracha no sistema secam e deixam de formar uma boa vedação.

Outra dica importante é desligar o ar-condicionado um pouquinho antes de chegar ao destino, deixando apenas na ventilação. Isso diminui a umidade que fica nas tubulações e, consequentemente, reduz a proliferação de fungos e bactérias.

Higienização

A melhor maneira de fazer a manutenção ou a higienização do ar-condicionado automotivo é procurando um profissional especializado e de confiança. Isso porque, apesar de parecer ser uma tarefa simples, a perícia e os conhecimentos necessários são muito importantes nesse processo.

Fonte: Revista Km de Vantagens

Voltar Próximo artigo