Carta Aberta à sociedade e autoridades

27/10/2017
| Colunista: , José Nelson Carrozzino Filho
|
Assunto: , Associação Comercial, Segurança

O Empresariado de Jacarepaguá vem através de sua Associação nesta Carta Aberta, prestar solidariedade a toda a Corporação da Polícia Militar e aos familiares dos policiais ontem covardemente executados por criminosos inconsequentes. Demonstrar ainda a sua indignação contra os seguidos assassinatos de Policiais Militares, somando somente este ano 112 mortes de PMs em nosso Estado. Entendemos que estas mortes de profissionais dedicados à segurança pública, representam uma perda irreparável para os familiares e para toda sociedade em geral.

O Carioca e sociedade fluminense vivem aterrorizados com a violência, a situação passou a muito do limite aceitável, temos a todo tempo preocupação com nossas famílias, virou cotidiano as notícias de roubos seguidos de mortes. Neste contexto, a Polícia Militar precisa recuperar o respeito que lhe é devido e a sociedade tem que apoiá-la e prestigiá-la, banindo o hábito da crítica pela crítica.

A morte de um Comandante e de um Cabo num mesmo dia em locais e eventos diferentes marca e fragiliza uma Corporação que funciona como última barreira entre a Lei e a desordem generalizada, onde o simples porte de uma arma ilegal coloca o portador em condição de superioridade suprema, fazendo curvar a seus pés a vitima do momento.

Uma revisão de todo o comportamento da sociedade em relação à ordem e conceitos éticos tem que ser feita urgentemente e, estes assassinos de policiais, precisam ser perseguidos implacavelmente para subjugo com todo o rigor à justiça. Sem uma resposta deste quilate todos nós nos sentiremos injustiçados, com o mal sobrepujando o bem.

Reiteramos o nosso apoio irrestrito à Polícia Militar e forças policiais de nosso Estado

Voltar Próximo artigo