BROKER

17/01/2019 |
Assunto: , Imóveis

CreciRJ20190117

A Corretagem para imóveis de alto padrão

Broker é um termo inglês, mas deriva do francês broceur e que significa pequeno comerciante. Durante a década de 80 passou a ser relacionado ao mercado financeiro para designar instituições ou operadores individuais que intermediavam transações de compra e venda. A adesão deste termo no mercado imobiliário é recente e está associada ao corretor de imóveis que não se limita na hora de encontrar o imóvel ideal para cada perfil de cliente em particular e concretizar a venda, o que o difere de um corretor comum, tornando-o mais completo para lidar com as situações do mercado e mais aberto a novas possibilidades e oportunidades.

O atendimento, o público-alvo e o produto com os quais um corretor de imóveis que pode ser considerado um broker trabalha exigem maior grau de dificuldade, conhecimento e elegância, tendo em vista que são clientes que podem fazer as mais diversas exigências e que estão dispostos a investir uma importância bem acima da média do mercado na compra do produto. Estes profissionais geralmente trabalham com imóveis de luxo para clientes com alto poder aquisitivo e que querem atendimento vip, diferenciado e sigiloso.

O retorno financeiro para este perfil de profissionais do setor imobiliário é mais vantajoso quando comparado aos que atuam com imóveis mais baratos, ou tido como populares. As diferenças entre o broker e o corretor que não atua neste segmento de alto padrão são significativas e determinantes para alavancar a carreira e garantir um diferencial competitivo, evidenciando padrões e estilos de vida bem diferentes.

Guilherme Machado, especialista em vendas e mercado imobiliário, alerta para a importância de se conhecer a profissão:
– Um dos maiores erros que os profissionais cometem hoje é não saberem o que é ser um profissional do mercado imobiliário. Um broker não é somente um apresentador de imóveis, não é simplesmente um detentor de conhecimento do mercado imobiliário, um broker hoje é um conhecedor e entendedor de pessoas, sabe que trabalha com emoções e sentimentos delas.

MAS O QUE O BROKER FAZ DE TÃO ESPECIAL?

Oferecer um atendimento personalizado faz parte do negócio, pois são compradores com perfil de alto padrão, muito exigentes e detalhistas. O conforto proporcionado e a atenção dada transmitem seriedade e segurança, além de garantir total sigilo, dando, assim, um tratamento vip aos seus clientes. Conhecer o setor é extremamente importante para alertar o comprador sobre oportunidades e os melhores momentos do mercado para se fazer determinado investimento, minimizando riscos e dando mais segurança durante a negociação para concretizar a venda com sucesso e garantir que todos saiam satisfeitos, o que também é de grande importância e ajuda na hora de fidelizar seu cliente em um mercado tão enxuto.

Machado fala sobre a importância de conviver com os clientes:
– A primeira coisa que o profissional precisa entender é que neste mercado as pessoas são mais exigentes, na realidade todos os clientes são, mas nesse mercado em específico, você precisa se parecer mais com o cliente, precisa conviver, estar no meio social em que ele está inserido para ter mais credibilidade e mais facilidade de relacionamento com ela.

Este corretor de alto padrão está preparado para tudo. Ele traça um perfil do cliente, identifica necessidades e é preciso nas informações sobre a negociação, garantindo sempre os melhores produtos. Outro fator diferencial é que o cliente certamente sairá satisfeito e indicará o corretor para outros possíveis compradores com poder aquisitivo similar. Outro ponto que o broker está sempre atento é ao fato de seus clientes possuírem agendas cheias de compromissos e não terem disponibilidade de horário para visitar inúmeros imóveis, o que faz com que o corretor tenha contato direto com outros indivíduos, como assessores, por exemplo. Agilidade para encontrar o imóvel certo com rapidez permite evitar desgastes e causar incômodo, além de economizar tempo.

Dedicação, estudo e empenho são requisitos básicos para quem deseja se tornar um broker e expandir sua área de atuação. Este profissional necessita dos contatos certos que podem ser decisivos para fechar um negócio. “Quem não é visto, não é lembrado”, já dizia o ditado que se aplica muito bem ao corretor de alto padrão. O corretor deste mercado de luxo está sempre atento ao que acontece no mundo, participa de conversas demonstrando domínio sobre os assuntos discutidos, sempre com boa aparência e agindo de forma segura e firme, transmitindo confiança.

Guilherme Machado cita os desafios de ingressar neste mercado:
– Os desafios que este profissional vai enfrentar é de conhecimento de mercado, de pessoas, quais são os problemas que ele vai resolver nesse novo mercado e como vai resolver esses problemas.

RISCOS, PERDAS E GANHOS

Tendo em vista a classe social e nível de exigência dos clientes, qualquer erro ou deslize pode ser determinante para pôr fim à carreira de um broker.

Guilherme faz um alerta sobre a expectativa e a realidade do mercado de luxo no qual o broker atua:
– Para estar no mercado do luxo é importante o profissional se perguntar se ele é mercado de luxo, porque não adianta você querer estar em um mercado, se você não se sentir confortável. O grande problema que a carreira ainda enfrenta é que as pessoas associam estar nesse mercado a ter um retorno financeiro/comissão maior.

Uma coisa importante que o broker deve fazer é saber administrar seus ganhos, pois a frequência de vendas desaparece constantemente, afinal os clientes deste segmento demoram para comprar imóveis e, quando o fazem, tomam todos os devidos cuidados. O broker, através dessa relação de confiança que se adquire com os clientes, acaba estreitando os laços e se tornando amigo dos mesmos. Ser um broker não é uma tarefa tão fácil e vem acompanhada de muitos desafios.

Fonte: Stand Edição 43 – Revista do Creci-RJ

Voltar Próximo artigo