Anedotas

11/03/2021 |
Assunto: , Humor

Anedotas20210311F01 Anedotas20210311F02 Anedotas20210311F03
ADIVINHE DE QUEM É?
Numa segunda feira de manhã, um carteiro fazia seu caminho como de costume. Em uma das casas, viu que Pedro, o morador, estava tirando o lixo, que continha dezenas de garrafas de cerveja, vinho e champanhe.
Nossa, Pedro! A festa ontem foi boa, hein? – comentou o carteiro.
Pedro, claramente de ressaca, responde:
– Não foi ontem, nós fizemos uma festa no sábado à noite, mas só agora recuperamos um pouco as energias. Nós recebemos uns 15 casais de amigos aqui da vizinhança e todo mundo passou um pouco dos limites. Bebemos demais e, lá pela meia-noite, começamos a jogar Quem Sou Eu.
O carteiro pensou um pouco e perguntou:
– Como se joga isso?
– Bom, todos os homens vão para um quarto e saem, um a um, cobertos com um lençol e mostrando apenas “as joias da família” através de um buraco. Aí as mulheres tentam adivinhar quem ele é.
O carteiro riu e disse:
– Parece divertido, que pena que eu não estava lá.
Pedro responde:
– Que bom que você não estava, pois falaram o teu nome umas 7 vezes!

O LEÃO E O GORILA
Um dia, um mímico desempregado foi ao zoológico tentar ganhar algum dinheiro como artista de rua. No entanto, assim que ele começou a atrair multidão, o gerente do local o pegou e levou até seu escritório. O gerente explicou ao mímico que a atração mais popular do zoológico, um gorila, havia morrido de repente, e ele temia que as visitações ao zoológico caíssem por causa disso.
Ele ofereceu ao mímico o emprego de vestir-se de gorila e fingir que era um animal até que eles pudessem comprar outro. O mímico aceitou.
Na manhã seguinte, antes da multidão chegar, o mímico coloca a roupa de gorila e entra na jaula. Ele então descobre que é um ótimo trabalho. Ele pode dormir o quanto quiser, brincar, tirar sarro das pessoas e atrair multidões maiores do que jamais conseguiu como mímico.
No entanto, com o passar das horas, os visitantes perdem o interesse e ele fica entediado fazendo sempre a mesma coisa. Ele começa a perceber que as pessoas estão prestando mais atenção ao leão na jaula ao lado. Não querendo perder a atenção do seu público, ele sobe para o topo da sua jaula, rasteja através de uma partição, e se pendura em cima da jaula do leão. Claro, isso faz com que o leão fique furioso, mas a multidão adora.
No final do dia, o gerente vem e dá um aumento ao mímico por ter feito tão bem o trabalho de gorila. Isso se prolonga por algum tempo. O mímico continua provocando o leão, as multidões crescem, e seu salário continua a subir.
Certo dia, quando o mímico estava pendurado sobre o leão furioso, ele escorrega e cai. Ele fica aterrorizado quando vê o leão preparando-se para atacar e está tão assustado que começa a correr pela jaula, com o leão logo atrás. Finalmente, o mímico começa a gritar e gritar:
– Socorro! Me ajudeeeeem!
Mas o leão é rápido e logo o alcança. O mímico cai no chão, e o leão sobe irritado em cima dele. O leão abaixa lentamente sua boca, rosnando para ele, e diz:
– Cale a boca seu idiota! Você quer que eles mandem NÓS DOIS embora?

NO LAR DE IDOSOS
Nestor, um senhor idoso e viúvo, decidiu que era de hora mudar-se para um local onde teria cuidados. Ele fez as malas e mudou-se para uma boa casa geriátrica.
Em seu primeiro dia lá, enquanto desempacotava suas coisas em seu quarto, ele não pôde deixar de notar que uma mulher na sala do outro lado do corredor estava olhando para ele. Ele achou estranho, mas decidiu não deixar que isso o incomodasse.
Mais tarde naquela noite, ele foi ao refeitório para jantar. Ele se sentou à sua mesa e mais uma vez a mulher do corredor estava sentada na mesa ao lado dele! Não havia comida em sua mesa. Ela apenas ficou lá olhando fixamente para ele.
O homem ficou cada vez mais irritado, mas não disse nada. Depois de uma refeição deliciosa, Nestor foi para o salão comunitário para jogar bingo. Ele estava gostando do jogo até que notou a mulher novamente, olhando para ele. Ele perdeu a paciência.
Nestor foi até ela e disse:
– Senhora, não pude deixar de notar que você está me olhando desde que cheguei. Você poderia parar? Está me deixando incomodado.
– Sinto muito, é que você se parece tanto com meu terceiro marido!
Ele ficou constrangido, e reagiu:
– Sinto muito. Se você não se importa que eu pergunte, quantos maridos você já teve?
Dois. Foi a resposta da mulher.

LIGANDO PARA CASA
Um homem estava em uma longa viagem de negócios no exterior e, no fim do dia, depois do expediente, liga para a casa dele no Brasil:
– Oi meu amor, tudo bem? Ah, que bom. Me diz, as crianças estão bem? Perfeito. Comeram tudo hoje? Sim? Que bom! E me conta, minha deusa, o que você cozinhou hoje? Uau! Milanesa! O meu prato preferido, meu anjo. É por isso que te adoro! E aí em casa, tudo tranquilo? Sim? Escuta, promete que, na semana que vem, você vai usar aquela roupa especial para comemorar o meu retorno?
– Aquela quase toda transparente, com rendas?
– Sim. É por isso te amo tanto! Mal posso esperar para te ver novamente, meu amor! Estou com muitas saudades. Semana que vem eu te vejo, está bem, minha linda?Agora pode chamar a minha esposa, por favor?

O HOMEM MATUTO VISITANDO O AMIGO NA CIDADE GRANDE
Um homem que passou toda a sua vida no deserto decidiu um dia visitar o seu melhor amigo na cidade. Ele não sabia o que era utilizar os serviços de trem, mas, essa era a única forma de transporte que o levaria até lá.
Enquanto estava no meio da via férrea, ele ouviu um apito, mas não sabia o que era. Como o trem não conseguiu parar a tempo, o homem foi arremessado longe e acabou se machucando com algumas lesões internas, alguns ossos quebrados e hematomas.
Após semanas no hospital se recuperando, ele decidiu ir novamente visitar o amigo no dia em que está acontecendo uma festa. Enquanto estava na cozinha, ele de repente ouve a chaleira assobiando. O homem então agarra um bastão de beisebol do armário próximo a ele e começa a bater na chaleira como se pensasse que aquilo era muito perigoso.
Seu amigo, o dono da casa, ouvindo o alvoroço que acontecia na cozinha, corre para ver o que está acontecendo. Ele então pergunta ao homem do deserto, seu amigo:
– Por que você quebrou minha chaleira?
– Cara, você tem que matar essas coisas quando elas ainda são pequenas!

A COINCIDÊNCIA
Um criador de galinhas entrou no bar da cidade. Ele sentou-se ao lado de uma mulher e pediu uma taça de champanhe. A mulher disse:
– Que estranho, eu também acabei de pedir uma taça de champanhe.
Que coincidência, disse o homem, que acrescentou:
– É um dia especial para mim. Estou comemorando.
É um dia especial para mim também, eu também estou comemorando, disse a mulher.
Que coincidência! – disse o criador.
Enquanto brindavam, ele perguntou:
– O que você está comemorando?
– Meu marido e eu estamos há anos tentando ter um filho e, como você pode ver, minha champanhe é sem álcool – descobri hoje que estou grávida!
Que coincidência, disse o homem.
– Eu sou um criador de galinhas e há anos que todas as minhas galinhas são inférteis, mas agora elas estão todas botando ovos fertilizados.
Isso é incrível! – disse a mulher.
– O que você fez para as suas galinhas ficarem férteis?
– Eu usei um galo diferente.
A mulher sorriu e disse:
– Que coincidência.

+Humor

Voltar Próximo artigo