Aero-Willys Itamarty Executivo

03/11/2020
| Colunista: , Flavio Leal
|
Assunto: , Ar Condicionado, Automóveis, Motos e Bicicletas, História

No Brasil, o primeiro carro com ar-condicionado foi um Aero-Willys Itamarty Executivo
O modelo destinado a transportar autoridades políticas, celebridades e membros da alta classe foi também a primeira limusine nacional

AutoCooler20201103Executivo

Variante requintada do Aero-Willys 2600, o Itamaraty surgiu em 1966 para cativar um público disposto a pagar por um acabamento interno mais luxuoso e inúmeros itens de conforto.

Foi tão bem recebido no nosso mercado que serviu de base para a primeira limusine nacional: o Willys Itamaraty Executivo.

Em 1967 o mercado mundial de automóveis oferecia apenas 9 limousines como sendo produtos originais de fábrica: Mercedes-Benz 600 Pullman, Daimler Majestic, Rolls-Royce Phanton V, Vanden Plas Princess, Zil 1116, Valiant Limousine, Nissan Prince Royal e Cadillac Fletwood 75. Entre estes 9 fabricantes estava a Willys-Overland do Brasil com o Itamaraty Executivo.

O Willys Itamaraty Executivo era artesanal, ele era produzido em conjunto com a Karmann-Ghia, responsável pelos 72 cm a mais entre os eixos.

Trazia rádio, toca-fitas de cartucho, apoio móvel para os pés, detalhes de acabamento em jacarandá, ar-condicionado e uma pequena placa destinada a ostentar o nome do dono.

AutoCooler20201103Ar

Possuía vidro elétrico separando motorista de passageiros. O espaço traseiro era quase sempre de couro na cor havana, enquanto o habitáculo do motorista recebia couro preto.

A produção contabilizou 27 unidades. Alguns têm histórias curiosas, como o Especial número 4 do governo de São Paulo, que foi metralhado num atentado em 1968.

Poucos particulares chegaram a desfrutá-lo, pois a maioria foi adquirida por empresas, governos estaduais, tribunais e ministérios.

Ele serviu nada menos que sete presidentes da República e transportou autoridades como o príncipe Akihito e a princesa Michiko, do Japão; a ex-primeira-ministra indiana Indira Ghandi; e a rainha Elisabeth II, da Inglaterra.

Com todo este passado, é inegável que o Executivo seja não só um clássico, mas um dos automóveis mais interessantes já fabricados no Brasil e que tem lugar assegurado na história de nosso país.

AutoCooler20201103F01 AutoCooler20201103F02 AutoCooler20201103F03 AutoCooler20201103F04

Ficha técnica do Willys Itamaraty Executivo

* Motor longitudinal, 6 cilindros em linha, 3.014 cm³, comando de válvulas simples no bloco, carburador duplo; 132 cv a 4.400 rpm; 22,2 mkgf a 2.000 rpm
* Câmbio manual de 4 marchas, tração traseira
* Dimensões: comprimento, 552 cm; largura, 184 cm; altura, 157 cm; entre-eixos, 345 cm; peso, 1.684 kg
* Pneus diagonais, 7.75 15
* Preço (Fev. 1967): Cr$27.003.000
* Preço atualizado: R$314.900

+Auto Cooler

Voltar Próximo artigo