25/11 – Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher

25/11/2017 |
Assunto: , Mulher

O Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra a Mulher celebra-se anualmente no 25 de novembro para denunciar a violência contra as mulheres no mundo tudo e exigir políticas em todos os países para sua erradicação.
Em todo o mundo, iniciativas de movimentos sociais e feministas buscam reduzir o quadro alarmante da violência doméstica: de acordo com o Ministério da Saúde, 47 mil brasileiras foram vítimas de feminicídio nos últimos dez anos. Dentre estas, 74% são pretas ou pardas.
A data foi instituída em 1999 pela Organização das Nações Unidas (ONU), em homenagem às irmãs PViolenciaMulher20171125atrícia, Minerva e Antonia Maria Mirabal, da República Dominicana, chamadas de “Mariposas”. Elas foram assassinadas em 25 de novembro de 1960, por terem feito oposição à ditadura de Rafael Leônidas Trujillo, da República Dominicada. Seus corpos foram encontrados no fundo de um precipício, estrangulados, com os ossos quebrados. As mortes repercutiram, causando grande comoção no país.
O Dia Nacional de Luta Contra a Violência à Mulher é celebrado no dia 10 de outubro.
De acordo com as estatísticas, uma em cada três mulheres sofre de violência doméstica. A violência contra a mulher é uma questão social e de saúde pública, não distingue cor, classe econômica ou social, está presente em todo o mundo.
É importante ressaltar que a violência contra as mulheres se apresenta de muitas formas, não é apenas física, mas também pode ser de caráter psicológico, entre outras. Violência contra a mulher é qualquer conduta – ação ou omissão – de discriminação, agressão ou coerção, ocasionada pelo simples fato de a vítima ser mulher e que cause dano, morte, constrangimento, limitação, sofrimento físico, sexual, moral, psicológico, social, político ou econômico ou perda patrimonial. Essa violência pode acontecer tanto em espaços públicos como privados.

Voltar Próximo artigo